Professor, profissão perigo

O Brasil está com nota vermelha no quesito que trata do relacionamento cotidiano entre professores e alunos. Uma pesquisa feita com mais de 100 mil professores e diretores de escola do segundo ciclo do ensino fundamental e do ensino médio (alunos de 11 a 16 anos) coloca o Brasil no topo do ranking de violência nas escolas. Na enquete da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), 12,5% dos professores ouvidos disseram ser vítimas de agressões verbais ou de intimidação de alunos pelo menos uma vez por semana.

O caso da professora em Santa Catarina que levou um soco no rosto de um aluno em sala de aula reacendeu a discussão: Qual o papel dos pais? Porque uma simples cobrança e imposição de regras na sala de aula levam a agressões verbais e até físicas? Recentemente, em Inhumas, uma professora foi agredida com um soco no rosto pela mãe de um aluno que não gostou de saber que ele foi repreendido em sala de aula. São casos que se sucedem e alteram a rotina dos profissionais da educação. Há casos também que os alunos são vitimas de agressões por parte de professores.

Qual o impacto desses casos de violência na vida dos professores e dos estudantes? Qual a principal causa dos conflito nas escolas? A ausência de acompanhamento pela família dos alunos favorece o aumento da violência no ambiente escolar?

O Programa Sobre Todas as Coisas coloca o tema em discussão com, a participação de especialistas no estúdio. É ao vivo na segunda feira, 11, das 19 às 20 h pela TV Brasil Central.

Participe! Dê sua opinião pelas redes sociais:
WHATSPP: 62 99631-1006
TWITTER: @tvbrasilcentral
E-MAIL: sobretodasascoisastv@hotmail.com
BLOG: http://blog.tvbrasilcentral.com.br
FACEBOOK: @TV.Brasil.Central

Tv Brasil Central. Rua SC-01, nº 299, Parque Santa Cruz, Goiânia - GO CEP: 74.860-270 Fone: (62)3201-7600

©Copyright 2016. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Agência Brasil Central.